365 Days Thinking Of You


Assistindo a chuva cair, o vento leve e frio, sentindo o meu coração gritar. Não sei dizer a sensação, algo como renascer, como estar realmente vivo e preparado para você, vocês e a mim próprio. Assistindo faces em memórias que já foram escondidas. Hoje eu posso enxergar o outro lado. Caminhe comigo e levarei à viagens surreais, mostrarei tudo de mais surpreendente, como é tocar na porcelana mais bela e frágil. Feche seus olhos e segure minha mão, vamos voltar para casa. A chuva parou e o sol que nasce começa a aquecer o nosso caminho. Estar ao seu lado é o que me move. Logo a noite chega e as estrelas vão aparecer para ser só eu e você. 


Um texto diferente de todos dos que já escrevi para o meu blog. Posso dizer e assumir que mudou muita coisa na minha vida  até aqui. Todas as palavras que saíram dessa vez foram porque há algo especial acontecendo em meus dias. É de onde vem muita força para encarar muitas coisas, é de onde vem o apoio... Onde me fascinei pelos lindos olhos onde jamais vi igual, que me fez apaixonar pelo carinho, que me fez e faz amar por atingir em mim um ponto que não muitas pessoas conseguiram e conseguem atingir. Me fez quebrar paredes dentro de mim,barreiras, fez eu me reconhecer... O cinza de hoje só em nossas fotos, pois trouxe sol dando cor ao que era fosco, aquecendo o que era frio. Ser a melhor pessoa do mundo?Não consigo, nunca vou conseguir. Tentar? Eu tento, sem muita excelência em inúmeras vezes de nem ao menos chegar perto. Hoje faz 1 ano desde o primeiro contato e ainda me sinto tão vivo por ter inúmeros sentimentos bons dentro de mim. Estar feliz ao lado, se sentir bem, sentir aquela paz e a vontade de parar o tempo só para aquela pele macia, é indescritível. Discórdias? Discussões? Existem, mas mesmo nesses momentos eu nunca perco de mim aquela vontade de abraçar e dizer o que sinto, que amo. Quem ama, ama em qualquer momento. Só sei desejar o bem, o melhor. Continue segurando a minha mão. Quero nosso ontem, quero o nosso hoje e quero nosso amanhã. Amo, amo com vontade, amo com o coração. Amo você, Jéssica.

PS: Está vendo essa covinha? É linda, né?! Só existe uma e é minha  *-* 

Continue lendo >>

O Quarto


Mesmo sabendo que ninguém está ouvindo, que não estou compartilhando com ninguém ao invés de eu mesmo, há um lugar onde eu posso ir e contar meus segredos. Neste mundo eu bloqueio todas as minhas preocupações e atenções. Faço meus sonhos, intrigas e vontades queimarem. Faço a lágrima descer quente, faço o sorriso bobo aparecer. Tudo em questão de segundos e se foi, pouco, mas satisfatório. Deitado acordado. Agora está escuro, não tenho medo, estou em meu refúgio, estou em meu quarto.

Continue lendo >>

Tempo


Dono e comandante de tudo que nos cerca, de tudo o que vivemos, guia de nossas decisões sendo desgastante, insuportável ou até mesmo agradável. Fazendo aprender até chegar o momento de recomeçar, de respirar novamente, desde ao se levantar e sair até a rua enxergando o que já foi tudo completamente cinza passando a ter mais cores, sentindo o calor do sol alcançando a pele, a brisa fria e agradável. Caminhar sem nenhum peso a carregar, sorrir sem pensar que aquilo foi falso e forçado, lembrando sempre de pessoas que te fazem bem, sempre de pessoas que colocam um sorriso verdadeiro em você, momentos que realmente valeram a pena, agradecimentos repetitivos pela vontade de ainda ser pouco grato por tanto recebido. Muitas coisas mudam desde que se começa a aprender que tudo pode nunca ser o suficiente e que sim, às vezes todos nossos esforços poderão ser em vão para aquele momento tendo que aceitar e brigar consigo mesmo. Lembrar de derrotas que te destruíram por tempos que pareciam ser ilimitado, um longo caminho de auto culpa que não foi ignorado, servindo de alimento para um amanhã em se sentir gigante e preparado para a chegada de um novo dia de pensamentos que já foram desejados uma unica vez em um passado não muito distante onde hoje se tem novamente o mesmo desejo, como se fosse uma criança aprendendo a andar, passo à  passo chegando ao equilibro perfeito. Onde quedas poderão novamente vir, nisso preparado e levantando sempre, encarando e aceitando algo difícil... Mantenha a calma e continue, pois os dias vão passar, os dias sempre passam. Vivendo e aprendendo, vivendo e reaprendendo, vivendo aceitando e recusando. Rasgando páginas e preenchendo outras com o que te faz olhar pela janela e dois pássaros de peito amarelo brincando contra o vento transmitindo tamanha alegria desconhecida, parando no tempo, sentindo o que te move todos os dias fazendo surgir a necessidade de um abraço forte e quente .
 Depois de muito tempo eu me sinto humano novamente e isso ainda me é estranho. Há algo surgindo, algo real. Sinto o frio desaparecendo, o vazio se preenchendo. Crio mudanças com meus pensamentos e reais vontades. E não desperdiçarei esse fôlego. Se há um medo que leva a pensar que poderá ser mais um tempo perdido, vou viver encarando e acreditando naquilo que começa a nascer novamente como se fosse o meu último.

Continue lendo >>

  ©This story ends where it began...